Tag Archive: oficial


Ponte londres3
Londres é definitivamente uma cidade de travessias: O rio Tâmisa serpenteia todo o cinturão da cidade, fazendo com que se veja pontes de todos os tipos. Hoje, já é possível contar mais de 200, contando entre as mais antigas (como a London Bridge – torre de Londres – que data desde os tempos romanos) e as mais recentes (como a Tower bridge – Ponte da Torre – que foi a última construída em 1973). Nesse ano de 2015, entretanto, mais uma estrutura estará se juntando a lista.

A competição Nine Elms to Pimlico bridge está sendo realizada para decidir qual projeto será escolhido, com data final prevista para o dia 24 de Julho deste ano. O conceito votado se tornará a mais nova ponte que liga os dois distritos mencionados em seu nome. Com atualmente mais de 80 projetos indicados, a comissão organizadora espera um novo ‘ponto turístico’ na região que acompanhará a rápida transformação e crescimento da região (antes considerada um amontado de galpões, hoje está ofuscando outros bairros residenciais da cidade).

Ponte londres

Segundo a descrição do projeto do prórpio site:

Essa competição, chama arquitetos de todo o mundo para mostrar mostrar seus projetos excepcionais e inspiradores para a nova ponte no centro da mais grandiosa cidade do Mundo. O projeto vencedor terá que ganhar os corações de todos os londrinos que são extremamente orgulhosos de seu rio e sua rica herança arquitetônica.

O projeto deve se harmonizar entre a arquitetura de ponta que cresce ao sul e a elegante perspectiva do norte. Os dois lados da ponte devem se integrar  sensivelmente com seus arredores a prover uma suave e segura experiência para os pedestres e ciclistas que a usarem“.

A competição estabeleceu diretrizes pensando em soluções mais modernas e ambientais, como a acomodação de pedestres e ciclistas, a altura necessária para o trânsito de barcos, a preocupação com a estrutura ao redor e o impacto cultural/regional. As possibilidades da nova ponte são várias, com inúmeros estilos. Os tipos de suporte, por exemplo, variam de arcos ou estruturas pontudas, a até mesmo algumas que aparentam não ter apoio nenhum! Algumas submissões certamente ganharão a atenção imediata dos olhares, por sua renderização muito aproximada da realidade, tornando o projeto quase uma fotografia real.

Qual você elegeria o vencedor? Todos os projetos podem ser encontrados no site oficial da competição.

Ponte londres4

Ponte londres6

Ponte londres2

Ponte londres12Ponte londres9

Ponte londres8

Ponte londres7

Ponte londres5

Ponte londres10

Ponte londres11

 

Fontes:
Wired

 

Anúncios

paisagem-hibiscus-amarelo-hawaii

Já reparou num certo tipo de flor que (quase) sempre é mostrado como relacionado ao Hawaii? O Hibiscus amarelo é definido como a flor oficial do estado do Hawaii, mas nem foi sempre assim. Sua origem é bem mais antiga: As erupções vulcânicas que ocorreram há milhares de anos (e que formaram as ilhas do Hawaii) contribuíram para a formação da fauna e flora que se desenvolveram na região. Vista desde Honolulu até Waikiki, é uma planta ornamental muito popular no ramo de jardinagem e usada em várias culturas, com vários usos. Pode ser encontrada facilmente em regiões de climas quentes (especialmente tropicais e subtropicais).

História

hibiscus-vermelho-hawaii

Antigamente, a versão vermelha da flor era considerada a oficial do Território do Hawaii

Também chamado de Pua Aloalo ou ma’o hau hele na língua nativa, sua imagem acabou se tornando sinônimo de “Beleza delicada”: Esse termo se originou na Inglaterra em sua Era Vitoriana, quando as variedades de flores eram muito poucas e espécies tropicais, como o o Hibiscus, eram extremamente raras. Além disso, a flor requer um clima e condições precisos para florescer, o que fortaleceu seu apelido.

A espécie foi adotada em 1923 pelos habitantes locais como flor oficial do então Território do Hawaii (apesar de ter se tornado um estado norte americano só em 1959). Quando se estava próximo a união aos Estados Unidos, a Assembléia Legislativa do Estado adotou vários símbolos, como parte da revisão de estatuto do Hawaii.

Porém, foi somente em 6 de Junho de 1988 que o Hibiscus vermelho (até então símbolo oficial) foi trocado pelo amarelo (única espécie dessa tonalidade) e eleito como a flor oficial do estado. É por isso que as flores de outras cores, ou semelhantes, são mostradas em fotos e algumas publicações antigas. Também é possível ver variações de Hibiscus nas famosas camisas, roupas de banho e pinturas.

padroes-hibiscus-hawaii

Quem nunca viu esses padrões em produtos havaianos?

dancarina-hula-vintage-antiga-flor

Durante na metade do século 20, foi realizada uma enorme campanha para promover o turismo no Hawaii: As palavras ‘Aloha‘ e ‘Malaho‘ foram se tornando cada vez mais populares, e o costume de usar uma flor – não necessariamente a amarela – atrás da orelha estava se popularizando (se uma mulher a usasse na orelha direita, significava que estava solteira. Caso usasse na esquerda, estava comprometida)

Na cultura havaiana, é também um antigo símbolo de realeza e transmite poder e respeito. É normalmente dada a visitantes, oficiais de estado e turistas. O Hibiscus também é usado para fazer chá (contém vários antioxidantes que auxiliam a baixar o colesterol e reduzir a pressão arterial), produtos para cabelo e até fabricação de papel.

Uma flor para cada Ilha

Existe também uma certa controvérsia em relação às flores no Hawaii: Muitos locais defendem que diferentes flores (e cores) são usadas para representar diferentes ilhas. Como muitas ilhas queriam – e agiam – como estados independentes, foram definidas algumas regras para representar cada uma na década de 50:

Oahu
Flor Oficial – Ilima
Cor Oficial – Amarelo

Flor muito popular para fazer leis (os famosos colares havaianos). Cada flor tem cerca de 2,5 cm de diâmetro e se parecem com pequenos hibiscus. Os primeiros habitantes usavam essa planta de várias maneiras: O suco extraído da planta era dado às crianças, era considerado remédio para várias doenças e mulheres grávidas comiam a flor até o nascimento do bebê.
Hawaii (ou Big Island)
Flor Oficial – Lehua Ohia
Cor Oficial – Vermelho

É a flor da árvore nativa de mesmo nome. As flores podem também ser laranjas, amarelas ou brancas (e também é utilizada para fazer leis). Dizem que a Lehua é sagrada, pois representa Pele, a deusa havaiana dos vulcões.
Kauai 
Flor Oficial – Mokihana
Cor Oficial – Roxo

A Mokihana na verdade não é uma flor: É um fruto verde que nasce somente nas encostas do Monte Waialelae. Com cheiro semelhante a erva-doce, são usados amarrados como contas e como diferentes tecidos.
Maui
Flor Oficial – Lokelani
Cor Oficial – Rosa

Também chamada de Pink Cottage Rose (ou “rosa de chalé”), foi trazida por volta dos anos de 1800. É valorizada por cultivadores por sua beleza e fragância. A Lokelani é a única planta não nativa que foi reconhecida como oficial de uma das ilhas do Hawaii.
Molokai
Flor Oficial – Kukui
Cor Oficial – Verde

Também muito popular nessa ilha para fabricação dos colares (Leis)
Lanai
Flor Oficial – Kaunaoa
Cor Oficial – Laranja

Os finos fios da videira (os arbustos onde nascem as flores) são torcidos para a fabricação dos colares Le
Niihau 
Flor Oficial – Concha de Pupu
Cor Oficial – Branco

Essa “flor” oficial é encontrada na costa da Ilha rochosa. As pequenas conchas brancas normalmente são usadas para fabricação de colares e outras jóias nativas havaianas.
Kahoolawe  
Flor Oficial – Hinahina
Cor Oficial – Cinza

Apesar dessa ilha não ser habitada (pela falta de acesso à água doce), ela também possui sua flor oficial. De coloração cinza-prateada, suas flores e caules são usados para a fabricação de colares.

Fontes:
Examiner
Aloha Hawaii
Proflowers
The Flower Expert

Um dos fatos sobre as várias cidades e países ao redor do mundo que poucas pessoas imaginam é que elas possuem logotipos oficiais. Normalmente usado para fins comerciais, o logotipo é a principal representação de uma marca, com o objetivo de demonstrar de uma forma simples suas principais características (ou seja, a “personalidade” da marca representada). Segundo o dicionário:

(logo- + -tipo)

1. Conjunto formado por letras e/ou imagens, com design que identifica, representa ou simboliza uma entidade, uma marca, um produto, um serviço, etc.
2. [<dominio_ext_pb>Tipografia]  Conjunto de letras fundidas numa peça única.

Na questão do turismo, o logotipo (bem como toda sua identidade visual), pode auxiliar muito a vida do turista e contribuir com o reconhecimento das cidades. É possível reconhecer atrações oficiais, obter informações em locais autorizados e não se perder com um bom sistema de sinalização.

Amsterdã (Holanda)

logo oficial Amsterdã
Amsterdã slogan

O logo da cidade foi alterado em setembro de 2004. A cidade precisava de um novo posicionamento, uma nova marca que representasse seus benefícios e principais características. “I amsterdam” (traduzido como “Sou Amsterdam”) se tornou o slogan oficial. Foi escolhido por ser considerado simples, curto e fácil memorização.

O logo, a letra “X” repetida três vezes, é inspirado no brasão oficial da cidade: por volta de 1505, o brasão foi criado por representar Santo André, que acredita-se que foi crucificado em uma cruz em forma de “X”. Acabou se tornando uma coincidência que esse símbolo é similar à abreviatura de entretenimento adulto, muito presente na cidade.

Aplicação

marca amsterdã marca iamsterdam

Cidade do México (México)

logo oficial  méxico

Alterado recentemente em 2009, o logo têm como objetivo representar um dos monumentos mais icônicos da cidade: “O Angel de la Independencia” (O Anjo da Independência), construído em 1910 para celebrar o centenário da Guerra da Independência do México.

Aplicação

marca cidade do México

Berlim (Alemanha)

logo oficial  Berlim

Berlim slogan

O logo representa um dos marcos mais visíveis e famosos da cidade, o Brandenburger Tor (“O Portão de Brandenburgo”). Único monumento remanescente de uma série de outras entradas de Berlim, é considerado o “Arco do Triunfo” dos alemães.

O slogan criado para representar a cidade usa a palavra “be” para indicar o verbo “ser” e ao mesmo tempo a inicial de “Berlim”. A forma do monumento representa o resto do nome da capital. Tudo foi pensado com um visual simples, reto e prático. Outro fator que contribuiu a construção da marca foi a nomeação de Cidade do Design pela Unesco, em 2005.

Aplicação

marca be berlim

Fonte:

%d blogueiros gostam disto: