Tag Archive: méxico


champanhe-estourando

Todos já estamos acostumados com a clássica visão da celebração do Ano Novo: Vários fogos de artifício, shows e a famosa contagem regressiva nas principais cidades do Mundo (Nova York, Sydney, Rio de Janeiro…). Entretanto, nem todos os lugares celebram assim. Em algumas regiões específicas, os costumes podem adicionar muita variadade na celebração. Aproveite o clima de comemoração e conheça algumas tradições (estranhas) em outros países e comemore na próxima vez que for viajar!

Irlanda – Folhas de visco são colocadas no travesseiro

folhas-de-visco

As mulheres solteiras na Irlanda esperam para a noite de Ano Novo para aguardar a chegada do seu amor verdadeiro. As folhas de visco é colocada embaixo do travesseiro na esperança que no próximo ano seja possível encontrar seu futuro marido. Além disso também acredita-se que o visco ajuda a se livrar do azar. Detalhe que o visco também é usado na cultura norte americana (simbolizando um beijo para o casal que estiver presente abaixo da planta).

Dinamarca – Quebra de pratos (na porta dos vizinhos)
pratos-quebrados-dinamarca

Nessa época do ano, quebrar pratos, copos, vidros e outros utensílios de cozinha na porta dos vizinhos (estranhamente) os deixam contentes: A família com o mais número de objetos quebrados é considerada com mais sorte por ter os amigos mais leais.

México – Conversas com espíritos
mexico-celebracao-espiritos

No México, conversar com espíritos já faz parte da cultura e costumes locais: Os mexicanos acreditam fielmente que podem se comunicar com a alma dos seus entes queridos (Sua celebração, o Dia dos Mortos é comemorado em 2 de Novembro). A Noite de Ano Novo é considerada a melhor época para se comunicar com aqueles que já se foram para transmitir uma mensagem pedindo por orientação. Essa prática não é feita em casa, ou individualmente: vários estabelecimentos oferecem “sessões” de comunicação com a espiritualidade e meditação.

Filipinas – Formas redondas nas roupas e comida
circulos-bolinhas-roupas

A regra no Ano Novo é usar tudo que possa ser redondo: As ruas ficam cheias de pessoas usando roupas com estampas de bolinhas ou qualquer outra forma circular. Além disso, as refeições são compostas por frutas e ingredientes com formatos redondos. Os locais acreditam que isso irá trazer prosperidade, pois eles associam as formas arredondadas com moedas e riqueza.

Escócia – Festival de fogo
Hogmanay-Festival-escocia

O Hogmanay Festival, um perigoso festival que ocorre sempre no último dia do ano, envolve uma passeata de várias pessoas que cruzam as ruas segurando bastões com bolas de fogo. Elas ficam girando os bastões várias vezes sobre a cabeça para trazer purificação e iluminação. De acordo com os locais, essa celebração é quase tão antiga quanto os vikings (por esse motivo o festival é celebrado de forma temática, com várias tradições e cantorias).

Alemanha – O mesmo programa de tv todos os anos
dinner-for-one-seriado

Para quem achava que o Brasil era o único país com suas programações de tv repetidas (com os mesmos shows de Roberto Carlos todo ano), a Alemanha possui um equivalente (ou quase). Já é costume no país assistir o mesmo programa de tv em toda noite de Ano Novo. O “Dinner for One” é um sketch  humorístico inglês desenvolvido para o teatro, e mais tarde lançado na tv em 1963, que conta a história de uma senhora que tem o mesmo tipo de jantar todo ano. Na Alemanha, virou costume assistir desde 1972, e não parou desde então (virando um programa praticamente integrado nos horários de vários canais de televisão).

Holanda – Canhões de balde de leite
canhão-escocia-ano-novo

Uma vez por ano, vários holandeses enchem baldes de leite com carboneto e água, martelam a tampa (selando o balde) e esquentam com uma tocha. A mistura química resulta num “canhão caseiro” que explode para celebrar o Ano Novo. O ritual foi criado antigamente para espantar maus espíritos e foi mantido desde então.

Fontes:
Smashing Lists
Cracked

Anúncios

Um dos fatos sobre as várias cidades e países ao redor do mundo que poucas pessoas imaginam é que elas possuem logotipos oficiais. Normalmente usado para fins comerciais, o logotipo é a principal representação de uma marca, com o objetivo de demonstrar de uma forma simples suas principais características (ou seja, a “personalidade” da marca representada). Segundo o dicionário:

(logo- + -tipo)

1. Conjunto formado por letras e/ou imagens, com design que identifica, representa ou simboliza uma entidade, uma marca, um produto, um serviço, etc.
2. [<dominio_ext_pb>Tipografia]  Conjunto de letras fundidas numa peça única.

Na questão do turismo, o logotipo (bem como toda sua identidade visual), pode auxiliar muito a vida do turista e contribuir com o reconhecimento das cidades. É possível reconhecer atrações oficiais, obter informações em locais autorizados e não se perder com um bom sistema de sinalização.

Amsterdã (Holanda)

logo oficial Amsterdã
Amsterdã slogan

O logo da cidade foi alterado em setembro de 2004. A cidade precisava de um novo posicionamento, uma nova marca que representasse seus benefícios e principais características. “I amsterdam” (traduzido como “Sou Amsterdam”) se tornou o slogan oficial. Foi escolhido por ser considerado simples, curto e fácil memorização.

O logo, a letra “X” repetida três vezes, é inspirado no brasão oficial da cidade: por volta de 1505, o brasão foi criado por representar Santo André, que acredita-se que foi crucificado em uma cruz em forma de “X”. Acabou se tornando uma coincidência que esse símbolo é similar à abreviatura de entretenimento adulto, muito presente na cidade.

Aplicação

marca amsterdã marca iamsterdam

Cidade do México (México)

logo oficial  méxico

Alterado recentemente em 2009, o logo têm como objetivo representar um dos monumentos mais icônicos da cidade: “O Angel de la Independencia” (O Anjo da Independência), construído em 1910 para celebrar o centenário da Guerra da Independência do México.

Aplicação

marca cidade do México

Berlim (Alemanha)

logo oficial  Berlim

Berlim slogan

O logo representa um dos marcos mais visíveis e famosos da cidade, o Brandenburger Tor (“O Portão de Brandenburgo”). Único monumento remanescente de uma série de outras entradas de Berlim, é considerado o “Arco do Triunfo” dos alemães.

O slogan criado para representar a cidade usa a palavra “be” para indicar o verbo “ser” e ao mesmo tempo a inicial de “Berlim”. A forma do monumento representa o resto do nome da capital. Tudo foi pensado com um visual simples, reto e prático. Outro fator que contribuiu a construção da marca foi a nomeação de Cidade do Design pela Unesco, em 2005.

Aplicação

marca be berlim

Fonte:

%d blogueiros gostam disto: