Tag Archive: mais


É inegável a influência dessa rede social de compartilhamento de fotos da internet: O Instagram vai cada vez mais tornando-se conhecida. Seu uso é constante tanto por fotógrafos profissionais, amadores, ou apenas aqueles que amam tirar (e ver fotos). Recentemente, o serviço divulgou uma lista dos dez lugares que mais foram fotografados no Mundo (através da descrição ei localização disponível via GPS).

Com uma atualização diária de aproximadamente 60 milhões de fotos enviadas por dia, não é de se surpreender como os lugares mais procurados por turistas estão mais concentrados nessa lista

10 – Dubai Mall, em Dubai – Emirados Árabes Unidos

O maior shopping do Mundo (em questão de área de comércio e quantidade de lojas) não parou de acumular recordes mundiais desde sua inauguração em 2008. Entre eles estão os títulos de shopping mais visitado mundo em anos consecutivos (37 milhões de visitantes em 2009, 47 milhões em 2010, 54 milhões em 2011 e 65 milhões em 2012. Entre as atrações recordistas também estão o maior aquário dentro do shopping já registrado (32.88 m de largura, 8.3 m de altura e pesando 245 toneladas) e a maior loja de doces (Candylicious, medindo 930 m2).

dubai @abdulla2010

Foto por @abdulla2010

dubai @Motazibrahim

Foto por @Motazibrahim

 

 

09- Estádio Yankee, Bronx, Nova York

estadio yankee @normanyen

Foto por @normanyen

estadio yankee @kayuk86

Foto por @kayuk86

 

A sede do tradicional time local de basebal New York Yankees foi aberta no começo do ano de 2009 como um substituto do antigo e original estádio dos Yankees (aberto em 1923 e fechado em 2008). Desde então, o local recebe um número gigantesco de visitas, principalmente por hospedar mais modalidades de esportes e receber vários shows de artistas consagrados, como Paul McCartney, Madonna e Justin Timberlake.

08- Madison Square Garden,  Manhattan, Nova York, Estados Unidos

madison square garden @littlesayang

Foto por @littlesayang

madison square garden @seenmorekicks

Foto por @seenmorekicks

 

A mais antiga e mais ativa arena multiesportiva de Nova York (funcionando desde 1968) ficou famosa e cada vez mais visitada graças à sua proximidade com vários pontos turísticos da cidade (entre eles o Edifício Empire State, Koreatown e Macy’s). Além de ser a sede do time de hóquei New York Rangers e do time de basquete New York Knicks, também recebe vários eventos, como boxe, concertos, shows de gelo e várias outras apresentações de entretenimento (recebendo aproximadamente 320 eventos por ano).

07- Praça Vermelha, Moscou, Rússia

praca vermelha @aleona_klm

Foto por @aleona_klm

praca vermelha @peterepic

Foto por @peterepic

 

Um dos pontos mais famosos da Rússia possui uma história riquíssima de detalhes por ser um local tradicionalmente usado para cerimônias públicas e muito importantes. Desde a época de coroação dos Czares, o local tem sido gradativamente melhorado e considerado o centro da Rússia (pois as principais ruas de Moscou originam dessa região). Hoje a praça separa o Kremlin (a antiga citadela real e hoje a residência oficial do presidente) do distrito comercial de Kitai-gorod

06- Museu do Louvre, Paris, França

Museu do Louvre @farnazmalek

Foto por @farnazmalek

Museu do Louvre @alicetemperley

Foto por @alicetemperley

 

É considerado o mais visitado museu de todo o Mundo, com mais de 9,7 milhões de visitantes como recorde de visitas em um ano. Símbolo da França e do mundo da cultura, foi aberto em 1793 com 537 pinturas (hoje contém mais de 380 mil objetos e quadros e 35 mil obras de arte em seus 8 departamentos). Além das relíquias únicas (como estátuas e artefatos romanos e egípcios), é também o atual lar da obra de arte mais famosa do mundo: a Mona Lisa de Leonardo da Vinci.

05- Parque Gorky, Moscou, Rússia

parque gorky @atmospheriq

Foto por @atmospheriq

parque gorky @kettry

Foto por @kettry

 

Foi nomeado em homenagem a Maxim Gorky: escritor, ativista político e um dos fundadores do método literário do realismo socialista. Aberto em 1928, foi reestruturado em 2011: todas as antigas e depredadas instalações de parques de diversões foram removidas, dando lugar a um espaço quase totalmente ecológico (com seus imensos jardins) e recreativo. Com isso, o local rapidamente se tornou um dos pontos mais visitados de Moscou.

04- Shopping Siam Paragon, Bangkok, Tailândia

shopping Siam Paragon @yaroslav2626

Foto por @yaroslav2626

shopping Siam Paragon @ikyor

Foto por @ikyor

 

Sua imensidão de lojas e atrações concederam ao shopping o título de um dos maiores de toda a Ásia. Inclui lojas e restaurantes especializados, cinema com um das maiores telas do continente, aquário, galeria de arte e sala de concertos musicais. Desde sua abertura em 2005, o centro comercial atrai multidões tanto de locais como turistas (com o auxílio de estar presente em um local de extrema movimentação e comercialização).

03- Times Square, Nova York, Estados Unidos

Times square @gauxgirl

Foto por @gauxgirl

Times square @ryanbolton

Foto por @ryanbolton

 

Um dos principais símbolos da cidade, está presente no “coração” de Nova York, onde tudo se liga. É facilmente reconhecida graças aos imensos anúncios e letreiros, à sua junção com a Broadway, e a intensa presença de prédios da indústria do entretenimento. Seus cruzamentos entre pedestre são dos mais cheios do mundo, tendo mais de 39 milhões de visitantes por ano (330 mil pessoas passam por dia, entre turistas e funcionários que trabalham naquela área). É também o local onde se comemora a festa de Ano Novo mais movimentada da cidade, atraindo milhões de pessoas.

02- Estádio Dodger, Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos

estadio dodgers @madonnaatemybaby

Foto por @madonnaatemybaby

estadio dodgers @adamlinamen

Foto por @adamlinamen

 

É atualmente o terceiro estádio de basebal mais antigo dos Estados Unidos. Por sua tradição em jogos, já foi palco de eventos históricos no esporte e continua sendo visitado por multidões todos os anos. Já é característico e sempre lembrado da paisagem de Downtown de Los Angeles (por isso sempre está presente em cenários de filmes ou é eleito como local de grandes eventos artísticos e shows)

01-Disneyland, Anaheim, Califórnia, Estados Unidos

disneyland @courtney_blair

Foto por @courtney_blair

disneyland @k_alsriif

Foto por @k_alsriif

 

O parque idealizado por Walt Disney acabou se tornando muito mais do que o criador algum dia já sonhou. Foi aberto em 17 de Julho de 1955, e desde então, têm sido expandido em inúmeros complementos turísticos e renovações (que incluem áreas temáticas, diversas opções de entretenimento e resorts). O parque é o que recebe o maior número acumulado em total de visitantes em todo o Mundo, com mais de 650 milhões de pessoas desde sua abertura. Em 2013, obteve um público de mais de 16,2 milhões de visitantes que vieram de todas as partes do Mundo.

Fonte: PopPhoto
CnTraveler

Observar uma estação de metrô pode parecer muito simples, mas muito trabalho, esforço (e inúmeros cálculos de engenharia) estão envolvidos. A dificuldade pode ser ainda maior conforme é aumentada a profundidade de suas estações. Apesar de muitas delas terem essa característica pela necessidade do contexto histórico (de proteção contra guerras e catástrofes), essas incríveis estruturas ainda estão presentes hoje facilitando a locomoção de milhões de pessoas ao redor do Mundo.

O site Diario del Viajero fez questão de destacar essas estações através do infográfico desenvolvido pelo portal Riannovosti. Confira as campeãs (e se tiver medo de lugares profundos, talvez seja melhor não visitá-las!)

Clique para ampliar

estacoes-mais-profundas

Aeroporto de Daocheng Yading (China)

Aeroporto Daocheng Yading china

 

Tipo: Nacional| Número de pistas: 1 | Deslocamento de aeronaves: Não divulgado| Deslocamento de passageiros: 280,000 [Previsão]

O mais recente aeroporto adicionado à lista de únicos. Isso porque foi no dia 16 de Setembro desse ano que sua construção foi concluída e o primeiro voo foi recebido.

Ele foi reconhecido como mais alto aeroporto civil do mundo, permanecendo a uma altitude de 4.411 metros acima do nível do mar. A decolagem dos aviões deve ser relativamente mais fácil, já que sua altura é considerada a metade da altura de um voo regular. Com esse recorde, o aeroporto conseguiu desbancar o título do Aeroporto de Qamdo Bamda (também na região do Tibete), que está a uma altura de 4.334 metros.

Aeroporto Daocheng Yading china inauguração

Equipe do 1° voo realizado no aeroporto

Aeroporto Daocheng Yading china inauguração2

O aeroporto de 1,58 bilhões de yuan (258 milhões de dólares) foi construído em Garzi, no sudoeste da província de Sichuan, uma região com grande concentração de tibetanos. Ele foi construído para conectar a região com a capital da província, Chengdu (antigamente, a viagem de ônibus levava dois dias, o que agora leva apenas uma hora). 

Por causa da elevação, os motores das aeronaves produzem menos impulso (o que acabou exigindo a construção de uma pista de pouso mais comprida). Sua pista possui 4.200 metros, 242 metros a menos do que a pista mais longa do aeroporto John F. Kennedy em Nova York.

Aeroporto Daocheng Yading china construção pista

Foto aérea da pista de pouso, na época da construção do aeroporto

O local foi projetado para receber 280 mil passageiros por ano, e o governo da China espera estimular o turismo na região, atraindo 15 milhões de turistas à região do Tibete até 2015. Entre os pontos de mais interesse estão a Reserva Natural de Yading (uma área montanhosa que é conhecida por peregrinações tibetanas) e picos santificados pelo 5° Dalai Lama (Monte Yangmaiyong, Monte Xiaruoduijie e Monte Xianairi). Essa região também é conhecida por ser pouco explorada por pessoas de outros locais. 

Aeroporto Daocheng Yading china2

Controversas

Entretanto, tanto o plano turístico quanto o aeroporto são controversos, por ajudar a manter o controle político da China sobre o Tibete. A região havia decarado sua independência do governo Chinês em 1913, mas o exército reentrou no país em 1950, trazendo de volta o controle da China (e vários protestos) até os dias de hoje.

Alistair Currie, ativista a favor da “Libertação” do Tibete alega que “esse não é um destino para se passar as férias. Mais de 95% dos visitantes do Tibete são chineses, e os interesses econômicos são dominados por imigrantes ou companhias chinesas. Os benefícios econômicos desse tipo de desenvolvimento quase  sempre não ficam para a região. Para a China, a cultura e paisagens Tibetanas são apenas um recurso a ser explorado”.

Entretanto, é inegável o investimento da China em criação de aeroportos e incentivo ao turismo. Talvez com mais facilidades de acesso, turistas estrangeiros também possam se beneficiar do conhecimento de várias regiões até então pouco exploradas.

Fontes:
Amazing Info
The Guardian
International Business Times

%d blogueiros gostam disto: