Tag Archive: canadá


travessias naturais  holanda

Passagem de animais em rodovia na Holanda

Quem costuma viajar de carro sabe a preocupação constante nas estradas e rodovias em relação à possíveis travessias de animais na pista. Esse tipo de acidentes pode causar consequências graves, tanto para quem dirige quanto para o animal, que não tem a noção do perigo.

Foi pensando nesse tipo de transtorno que vários países europeus desenvolveram as Travessias Naturais (Chamadas em inglês de Wildlife Crossings, Animals bridges ou Ecoducts), estruturas especiais que permitem que animais possam atravessar construções realizadas pelo homem (como rodovias). O tipo de travessia pode incluir também túneis e passagens subterrâneos, viadutos, pontes, etc.

travessia natural Banff National Park Canadá

Passagem no Parque Nacional Banff, Canadá

Podem também ser traduzidas como Pontes Verdes e Ecodutos. As mais comuns são as estruturas construídas entre as estradas para permitir que animais selvagens possam atravessar a via até o outro lado sem correr riscos. As pontes são exclusivas para os animais: os veículos devem sempre atravessá-las. A maioria das estruturas têm 10 metros de altura e 60 metros de comprimento, e normalmente são compostas de solo e vegetação natural para fornecer um habitat adequado a todos os tipos de animais que possam acabar passando pela região.

As primeiras travessias foram construídas na França na década de 50. Outros países europeus (incluindo Holanda, Suíça e Alemanha) têm construído há muitas décadas várias dessas estruturas para reduzir o número de acidentes nas estradas. Nos Estados Unidos e Canadá, essa solução está se tornando cada vez mais comum: milhares de travessias foram construídas nos últimos 30 anos, incluindo passagens, pontes e viadutos.

travessia natural alemanha

Soluções desenvolvidas na Alemanha: tanto por cima quanto por baixo das estradas

É uma solução eficiente para a conservação da natureza, permitindo conexões e reconhecimento dos habitats (o ambiente natural não é dividido). A contribuição financeira também é evidente: Nos Estados Unidos, segundo estudos, 1,5 milhões de colisões ocorrem a cada ano, causando um prejuízo de 8 bilhões de dólares anualmente. Na Europa, meio milhão de colisões são registradas, com 30 mil animais feridos e 300 mortos.

A maior travessia desse tipo encontra-se na Holanda: chamada de Natuurbrug Zanderij Crailo, a estrutura foi completada em 2006 e possui mais de 800 metros de extensão. Entre as áreas que ela atravessa, estão uma linha férrea, parque empresarial, rodovia e um centro esportivo.

Em outros países

travessia carangueijos ilha do natal australia

Exemplo de duas soluções para a travessia de carangueijos na Ilha do Natal, Austrália. Por conta da migração e enorme volume de animais, várias passagens foram desenvolvidas

travessia elefantes quênia

Passagem subterrânea para elefantes no Quênia

 

Fontes
Care2
Twisted Sifter
Amusing Planet

 

Anúncios

toronto international film festival

Abreviado como TIFF (Toronto International Film Festival), esse evento de 37 anos de existência é dedicado à apresentação do melhor do cinema canadense e internacional aos amantes de filmes. Apesar de durar apenas 10 dias (de 5 a 15 de setembro), o evento têm um alcance cultural que dura o ano inteiro. O festival oferece projeções, leituras, discussões, workshops e a oportunidade de encontrar cineastas do Canadá e ao redor do mundo. É considerado um importante festival do mundo cinematográfico, ao lado de Cannes, Berlim e Veneza.

toronto international film festival lightbox

Em 2007, os organizadores do festival começaram a construção do Tiff Bell Lightbox, que se tornou a nova sede do evento.

Entre os filmes que fizeram sua estreia no festival e acabaram aclamados por crítica e público, estão: Beleza Americana, Ray, O Lutador, 127 Horas e Cisne Negro. Muitos estúdios de Hollywood realizam estreias de filmes em Toronto pelo seu aspecto não competitivo, menos custos (em relação a eventos europeus) e uma alta expectativa do público

Outras atrações que fazem parte do festival:

  • Cinemateca: É um programa de projeções de filmes para o ano inteiro, com os clássicos do cinema e longas contemporâneos
  • TIFF Kids: Apresenta filmes canadenses e internacionais e workshops para famílias e grupos escolares
  • Circuito de filmes: É um programa que envolve a exibição de filmes em mais de 160 cidades do Canadá
  • Film Reference Library: A biblioteca de referência possui o maior acervo de filmes relacionados ao Canadá em língua inglesa
  • Reel Talk: Uma série mensal de projeções internacionais premiadas, seguido por um debate temático
  • Canada`s Top Ten: Celebra e apresenta os melhores longas e curtas canadenses do ano
toronto international film festival debate

Imagem – Tiff

the color runColor Run (ou traduzido livremente como “Corrida das Cores”, é um evento mundial onde qualquer corredor (seja profissional ou amador) percorre um caminho de 5 km, sem tempo de percurso e sem vencedores. A diferença desse percurso, entretanto, é que os milhares de participantes devem iniciar a corrida com uma camiseta branca. Durante a corrida, a cada quilômetro percorrido, são “encharcados” com diversas cores e terminam a prova totalmente coloridos.

O evento foi primeiramente realizado em Phoenix, capital do Arizona, nos Estados Unidos.  Idealizado por Travis Snyder, foi considerado um esforço para estimular profissionais e amadores a correr juntos por diversão. Com sua estréia em Janeiro de 2012, o evento reuniu 6.000 participantes. Ainda em 2012, houveram corridas em mais de 50 cidades norte americanas, com um total de mais de 600 mil participantes (tornando-se assim a maior série de eventos de cinco quilômetros nos Estados Unidos). Em 2013, a corrida também será realizada em mais de 130 cidades dos Estados Unidos, América do Sul (inclusive no Brasil, com datas sendo divulgas em breve), Europa e Ásia.

the color run canada

Pittsburgh News - Aug. 25, 2012

No Canadá, o evento já começou no dia 20 de Julho, em Windsor. As próximas cidades que receberão a prova são:

London: 17 de Agosto
Montreal: 17 de Agosto
Ottawa: 25 de Agosto
Vancouver: 14 de Setembro

Além de promover a participação de diferentes públicos, também é focada a importância de uma vida saudável.  Mais de 60% dos participantes estão correndo pela primeira vez, fazendo com que a preocupação da saúde e bem estar cresca cada vez mais nos seus países. Apesar de ser um evento pago, é sempre realizada uma parceria com alguma instituição de caridade local. Desde 2012, foram levantadas doações  para mais de 80 instituições locais e nacionais.

viva vancouver logo

Imagine as ruas de Vancouver transformadas em espaços públicos únicos, com atrações que culturais que instigam a população a passar mais tempo nas ruas. O evento conhecido como Viva Vancouver, está em sua segunda edição. Com duração de 6 de julho a 1 de setembro, o festival tem por objetivo ajudar a cidade no projeto de se tornar a mais verde do mundo até 2020, apoiando o transporte sustentável e beneficiando a qualidade de vida dos moradores e empresas locais. É também considerado um evento multicultural, pois há a presença de apresentações de outros países (inclusive a capoeira, famosa arte marcial brasileira)

Entre os destaques das atrações, alguns deles são realizados pensando na questão de conscientização ambiental:

– Arte, música e compras na Granville Street

viva vancouver

Os pedestres poderão, em todos os finais de semana, apreciar obras de arte caseiras, música ao vivo, performances de dança e um mercado na própria rua.

– Percurso de Bike

viva vancouver bike

Evento ciclístico para todas as idades. É possível utilizar a própria bicicleta para treinar na pista de obstáculos, aprender sobre o espaço reservado à bicicleta nas ruas e avenidas e as regras de trânsito.

– Summertime Plaza

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No meio do coração da cidade, foram instalados assentos de descanso de estrutura “deck” e guarda-sóis funcionamento 24 horas. É um incentivo ao descanso e a socialização no meio de uma cidade com vias movimentadas e frenéticas.

– Vagas de ruas transformadas em ambientes sociais

viva vancouver parklet

viva vancouver parklet2

O evento lançou para 2013 o projeto “Parklet”, que são pequenas vagas de veículos presentes nas ruas transformadas num novo ambiente, onde as pessoas podem se sentar, relaxar e aproveitar a cidade. Elas consistem numa extensão de uma vaga, e podem conter bancos, mesas, cadeiras e estacionamento de bicicletas. Os Parklets sãao patrocinados por uma empresa parceira privada, mas todo o seu uso deve ser gratuito e disponível à toda população.

%d blogueiros gostam disto: