Category: Curiosidades


Viajar e visitar uma bela praia já é uma experiência revigorante. Se for somado ainda a sorte de presenciar a bioluminescência, a visita vira inesquecível!
Também conhecido como maré vermelha (por alguns casos em que a água a água ganha um tom vermelho-enferrujado), esse fenômeno natural ocorre com várias espécies, vertebradas e invertebradas, por reações químicas que resultam em luz. No caso dos mares, várias dessas luzes são formadas por microorganismos, como plânctons que se utilizam dessa técnica para afugentar alguns tipos de predadores.

A reação química que ocorre nos organismos é parecida com o funcionamento de um bastão luminosos. Os plânctons se “acendem” com qualquer agitação, apesar de ser por apenas alguns momentos. Quanto maior a agitação, mais forte será o brilho (normalmente, os barcos que ajudam a criar os efeitos mais intensos). Alguns lugares atraem mais ou menos tipos desses organismos dependendo dos nutrientes das águas, mas o resultado nunca deixa de ser quase mágico! Abaixo algumas locações em que esse tipo de evento é mais comum:

 

Oceania


Cairns, Austrália

Cairns australia

O tipo de ambiente dessa cidade australiana é muito favorável para a floração de algas. As flores das plantas são levadas pelas águas carregando milhões de organismos luminosos.

Lagos de Gippsland, em Victória, Austrália

Gippsland, em Victoria australia2 Gippsland, em Victoria australia

Vários incêndios ocorreram na região em 2006, seguidos por uma forte enchente, em 2007. Esses eventos levaram a um crescimento altíssimo de cianobactérias (também conhecidas como algas verde-azuladas). Após aproximadamente um ano, as flores das algas se desenvolveram, tornando o ambiente propício para este fenômeno.

América do Norte

Praia de Manasquan, Nova Jersey, Estados Unidos

Manasquan Beach, NJ

Mission Bay, San Diego, Califórnia, Estados Unidos

Mission Bay, San Diego, Califórnia

Praia de Torrey Pines, San Diego, Califórnia, Estados Unidos

Torrey-Pines-Beach,-San-Diego

 

Cortez, Flórida, Estados Unidos

cortez florida

América central – Caribe

Mosquito Bay, Vieques, Porto Rico

mosquito-bay2 mosquito-bay

Na região do Caribe, esse fenômeno já era registrado desde o período colonial. No século 17, exploradores espanhóis tentaram fechar a baía de mosquito bay e separá-la do mar, tentando impedir a bioluminescência. O motivo dessa tentativa foi o fato de acreditarem que as luzes eram criação do diabo. Ao reduzir o fluxo da água do mar na baía, os espanhóis aumentaram a concentração de vitamina b12 (liberada pelas árvores dos manguezais), e também aumentaram drasticamente o número de microorganismos. Um galão normal de água da baía continha cerca de 750 mil destes seres.

Trelawny, Jamaica

Luminous-Lagoon,-Trelawny,-Jamaica2 Luminous-Lagoon,-Trelawny,-Jamaica

 

Ásia

Ilhas Maldivas

Alguns desses organismos são grandes o suficientes para se ver a olho nu. Eles se estendem por grande parte da praia e o visual se assemelha com glitter (Ao andar, ou nadar sobre eles, até mesmo as pegadas na areia brilham!)

maldivas2 maldivas

Krabi, Tailândia

krabi tailandia

Toyama, Japão

japao

Este caso não são exatamente plânctons. Estas são lulas que emitem luz por todo seu corpo. Apesar de normalmente viverem nas profundezas do mar, a maré pode empurrá-las para a superfície.

Europa

Zeebrugge, Bélgica

belgica

Os tipos de organismos dessa região são chamados de “faísca do mar”. A água nutritiva e uma alta fonte de alimentos para o plâncton são uma boa combinação para crescerem nessa local.

Norfolk, Inglaterra

inglaterra

A cidade é uma das mais conhecidas para se ver o fenômeno no Reino Unido. O brilho também pode ser visto em águas rasas e salgadas, principalmente depois de um longo período de luz do sol.

Fonte:
Matador Network

 

 

Já imaginou aproveitar a sua viagem e fazer uma visita em algum lugar icônico visto por algum filme? Diferente de locações privativas (como já mostradas algumas mais utilizadas em outra matéria), alguns lugares são usados para filmagens externas e acabam sendo deixadas do mesmo jeito após sua utilização. Outros se tornam até atrações turísticas, como o caso do Condado dos Hobbits, da franquia Senhor dos Anéis, localizado na Nova Zelândia.

O site discractify reuniu alguns lugares que ainda podem ser visitados para se relembrar das obras do cinema:

Porto Royale – Piratas do Caribe (Pirates of the Caribbean) – 2003
piratas caribe port royale2

Baía de Wallilabou bay, em São Vicente e Granadinas

Uma das locações principais do sucesso da Disney (que é baseado em uma de suas atrações), esse  porto foi construído com base em um hotel e restaurante local. Toda a baía ficou lotada com centenas de atores e réplicasde navios durante as filmagens do filme. Hoje, ainda é possível observar cenários e objetos (até rélicas de canhões). Foi decido manter oset mais intacto possível, sendo constantemente restaurado. Além disso, um museu também está sendo inaugurado, com todo o registro das filmagens.

piratas caribe port royale

Distrtito 12 – Jogos Vorazes (The Hunger Games) – 2012
jogos vorazes distrito 12

Henry River Mill Village, North Carolina.

As casas característocas do Distrito foram abandonadas pela indústria têxtil em 1920, e estão no mesmo local (e com o mesmo visual) desde então.
jogos vorazes distrito 12-3jogos vorazes distrito 12-2

Campo de concentração Plaszów – A Lista de Schindler ( Schindler’s list) – 1993

lista de Schindler polonia2

Krakow, Polônia

A réplica em ruínas é quase tão assustadora quanto a original. Os acontecimentos históricos retratados durante a Segunda Guerra deixaram impacto na região até hoje que conta com um memorial em homenagema todas as vítimas da concentração nazista.
lista de Schindler polonia

Augsburgo – João e Maria – Caçadores de bruxas (Hansel and Gretel: Witch Hunters) – 2003
joao-maria-cacadores-bruxas-alemanha
Por conta das duras críticas recebidas pelo filme, o set usado para tetratar uma antiga vila da Alemanha foi rapidamente abandonado. É possível encontrá-lo na floresta, em alguns quilômetros distantes de Berlim
joao maria cacadores bruxas alemanha3 joao maria cacadores bruxas alemanha2

Cenas de a Paixão de Cristo (The passion of the Christ) – (2004)
paixao de cristo roma3

Roma – Itália

Com aspecto clássico e perfeito para filmes de época, os Estúdios Cinecittà foram construídos no final da década de 30, bem próximos de Roma. Passaram por várias fases, desde a ascenção de Benito Mussolini, decadência e quase-falência, até o uso de filmagens consagradas e inauguração para visitas
paixao de cristo roma

Cenas do Vietnã – Nascido para Matar (Fullmetal jacket) –  1984
full metal jacket nascido para matar2

A indústria de gás da Beckton (Beckton gas work) , Londres, na Inglaterra.

Como o diretor Stanley Kubrick não gostava de viajar, grande parte do filme (que retratava o Vietnã) foi filmado nessa locação (já abandonada), sendo também aproveitada para muitas cenas de ação.
full metal jacket nascido para matar

Gotham City – Batman – 1989
batman 1989 gotham city filmagens3

Buckinghamshire, Inglaterra

A cidade protegida pelo herói foi deixada após o término das filmagens. Apesar do terreno do local estar aparentemente demolido, ainda é possível observar o Banco de Gotham e outros prédios e objetos (até mesmo o cofre do Batman) mesmo após tantos anos passados.

batman 1989 gotham city filmagens2 batman 1989 gotham city filmagens

O submarino – O segredo do Abismo (The abyss) – 1989
o segredo do abismo the abyss

Gaffney, South Carolina.

O famoso e elogiado thriller, que retrata uma equipe em busca de um submarino nuclear, usou enormes estruturas cheias de água para simular as cenas de oceano e subaquáticas. Hoje é possível encontrar o que sobrou de várias partes e totalmente sem água.
o segredo do abismo the abyss2 o segredo do abismo the abyss3

Vila Sweethaven – Popeye – 1980
vila popeye sweetheaven malta2

O registro de Popeye nos cinemas (que contou com Robin Williams no papel principal), foi filmado numa pequena vila de Malta, construída especificamente para o longa. Depois que as filmagens terminaram, foi constatado que era mais barato deixar a vila intacta do que demoli-la. E assim se tornou mais um local icônico para quem gosta de reviver um filme.
vila popeye sweetheaven malta

Missões espanholas – O Patriota (The Patriot) – 2000
o patriota missoes espanholas Cypress Gardens carolina sul3

Cypress Gardens, South Carolina.

Historicamente, as missões espanholas eram várias igrejas que serviam como “postos” pela igreja católica para auxiliar na catequização e divulgação do cristianismo entre os nativos da América do Norte. Uma dessas antigas estruturas usadas no set do filme ainda pode ser encontrada na região
o patriota missoes espanholas Cypress Gardens carolina sul o patriota missoes espanholas Cypress Gardens carolina sul2

Cidade de Spectre – Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas (Big Fish) – 2003
peixe grande spectre filme

Montgomery, USA.

O local que representa a pequena e poética cidade ganhou um ar assombrado após uma década do término das filmagens
peixe grande spectre peixe grande spectre2

Cena de fuga – O fugitivo (The fugitive) – 1993
o fugitivo

Dillsboro, North Carolina.

O blockbuster (que contava com nomes de sucesso como Harrison Ford e Tommy Lee Jones) é até hoje lembrado de uma cena icônica, utilizando um acidente de ônibus penitenciário. Os restos de todo o estrago da tomada ainda está visível no local.
o fugitivo Dillsboro, carolina norte trem onibus o fugitivo Dillsboro, carolina norte trem onibus2

O restaurante – Lopper – 2012
looper restaurante Napoleonville, Louisiana3

Napoleonville, Louisiana.

O estabelecimento é facilmente reconhecível pela lembrança do filme, onde o personagem (vividos por Bruce Willis e Joseph Gordon-Levitt) se encontra com ele mesmo, em diferentes versões do tempo. O que restou do set foi somente a estrutura do restaurante, no meio de um campo deserto
looper restaurante Napoleonville, Louisiana looper restaurante Napoleonville, Louisiana2

A cidade da fronteira – Três Homens em Conflito (The good, the bad and the ugly) – 1966
Tres Homens em Conflito Deserto almeria3

Deserto de Tabernas, Almeria, Espanha

A pequena locação espanhola localizada no deserto de Tabernas já serviu como cenário para mais de 200 filmes. Por ser  o único semi-deserto em toda a Europa, possui semelhanças com os desertos norte-americanos, norte da África e deserto da arábia, facilitando muito como locação para diferentes filmes. Desde 1950, serviu como local de filmagens para o estilo clássico de faroeste. Apesar do gênero terperdido a força e a diminuição de gravações, hoje ainda é usado para diferentes filmes e séries.
Tres Homens em Conflito Deserto almeria2 Tres Homens em Conflito Deserto almeria


Fonte:
Distractify

heathrow cheiros

Sempre existe uma maneira diferente de se conhecer sobre outros países. Estamos acostumados à imagens, souvenirs e mapas, mas nem sempre os cheiros (apesar de muito característicos) tiveram tanta atenção quanto as outras qualidades dos destinos. Foi pensando nisso que o Aeroporto Internacional de Heathrow, em Londres, na Inglaterra, desenvolveu o Scent Globe  (Perfume Global, em tradução livre), um globo onde os visitantes tem a oportunidade de conhecer vários aromas de alguns destinos ao redor do Mundo.

Para isso, foram focadas cinco regiões (África do Sul, Brasil, Japão, China e Tailândia) e junto com a Design in Scent (Especializada em estudos científicos de fragrâncias e seus efeitos nos sentidos), a enorme estrutura foi colocada no Terminal 2 do aeroporto, onde os passageiros podem ter uma prévia de seus destinos antes mesmo de terem chegado até o local desejado. Segundo os responsáveis, os cinco destinos escolhidos têm características muito específicas e únicas, fazendo com que as sensações sejam as melhores e mais marcantes para nosso olfato . Para cada um deles temos:

  • Brasil: Acolhe a fragrância de suas ricas florestas tropicais e úmidas com uma mistura de amostras de café, tabaco e jasmim
  • África do Sul: Captura a aventura dos Safáris com incensos tribais, grama natural e almíscar (característico de Cape Hyrax e extraído de rochas na África do Sul, foi enfatizado que o meio embiente não foi afetado)
  • Japão: Demonstra tons frescos do oceano com uma mistura de ervas marinhas e extratos de conchas. Também é possível sentir chá verde e âmbar cinza, substância que é possível ser encontrada no sistema digestivo de baleias). também foi enfatizado que o âmbar é sintético, não tendo prejudicado nenhum animal
  • China: Incensos de templos místicos e sutis fragrâncias de Osmanthus (flor exótica local) criam uma “explosão do oriente”
  • Tailândia: Transporta até o oriente em um instante com os cheiros de citronela, gengibre e coco
  • heathrow cheiros2

Os cinco destinos são apenas uma amostra dos 180 destinos de 28 países que o colossal aeroporto oferece, mas um dos motivos desses destinos serem escolhidos é a grande popularidade entre os viajantes britânicos: Mais de 11 milhões de pessoas por ano em mais de 50 mil voos viajam indo e vindo nesses países, levando em conta 69 destinos entre eles. Além disso, mais pessoas terão a oportunidade de sentir seus cheiros: o Terminal 2 (recém finalizado) opera com 26 companhias aéreas. Apenas nos últimos 5 meses, 3,5 milhões de passageiros saem desse local em mais de 21 mil voos.

 

Fontes:
Skift
Heathrow

 

 

Observar uma estação de metrô pode parecer muito simples, mas muito trabalho, esforço (e inúmeros cálculos de engenharia) estão envolvidos. A dificuldade pode ser ainda maior conforme é aumentada a profundidade de suas estações. Apesar de muitas delas terem essa característica pela necessidade do contexto histórico (de proteção contra guerras e catástrofes), essas incríveis estruturas ainda estão presentes hoje facilitando a locomoção de milhões de pessoas ao redor do Mundo.

O site Diario del Viajero fez questão de destacar essas estações através do infográfico desenvolvido pelo portal Riannovosti. Confira as campeãs (e se tiver medo de lugares profundos, talvez seja melhor não visitá-las!)

Clique para ampliar

estacoes-mais-profundas

Talvez uma das características mais marcantes sobre o Estado Havaiano seja a variade de suas cores: Seja em relação às suas flores oficiais, praias com areias coloridas ou a diversidade de atrações naturais. Entre elas podemos citar a deslumbrante presença dos Eucaliptos Coloridos (chamados por lá de Rainbow Eucalyptus – Ou Eucalipto Arco Íris)

Eucalipto-colorido-arco-iris

Se você já se questionou se existe um Arco íris com vida, pode-se afirmar que essa planta chega muito próximo dessa definição: Seus tronco é considerado uma das mais impressionantes criações do mundo das árvores!

Apesar de parecer uma árvore com uma casca colorida, sua estrutura continua se alterando continuadamente: Apesar das camadas da casca serem lisas, elas se soltam em vários pontos da árvore em diferentes períodos de tempo (revelando novas cores e mantendo o aspecto de arco-íris). Como cada camada de casca vai envelhecendo lentamente, ela muda de verde brilhante até o verde escuro. Depois, ganha um tom azulado até se tornar roxo. Em seguida, muda de rosa até o tom de laranja, até finalmente atingir a cor marrom, onde ocorre a esfoliação. Como esse processo acontece em diferentes partes do tronco (e em tempos diferentes de duração) ao mesmo tempo, as cores variam muito e estão em constante mudança. Como resultado, a árvore nunca vai ter o mesmo padrão de cor, fazendo com que ela vire uma ‘obra de arte viva’.

Origem

Eucalipto-colorido-arco-iris2

Chamada pelo nome científico de  Eucalyptus deglupta,  a origem da árvore ainda não é precisa, mas acredita-se que a espécie tenha surgido nas Filipinas (mais especificamente na ilha de Mindanao). Sua relação com o Hawaii começou em 1929, quando foi introduzida no Jardim Botânico de Wahiawa para reflorestamento. Presente com poucas unidades na ilha de Oahu, agora pode ser encontrada em todas as ilhas. Essa espécie de eucalipto é a única encontrada naturalmente no Hemisfério Norte, podendo ser vista também em países como Nova Guiné, Indonésia, e (obviamente) nas Filipinas. Pode ser vista também (como um tipo de criação exótica) no Brasil, Congo, Costa Rica, Cuba, Honduras, Malásia, Porto Rico, Taiwan e até mesmo na China.

De acordo com o World Agroforestry Centre (Ou centro Agroflorestal Mundial – órgão de pesquisa e proteção de florestas), essa árvore pode crescer até 75 metros de altura, com um diâmetro de até 240 cm de largura. É uma espécie que não costuma crescer em áreas com seca prolongada. Costuma ser plantada muito mais em regiões úmidas e tropicais por se adaptar melhor em climas onde os índices de chuvas anuais são muito altos. Entretanto, ela não suporta enchentes prolongadas e é extremamente sensível ao fogo.

Eucalipto-colorido-arco-iris3No Hawaii

Várias regiões do Hawaii são ótimas para avistar essas árvores: Entre elas estão a região de Tedeschi Winery (Vinícula de de Tedeschi), área do distrito de Kula. Essa região é tradicionalmente agrícula se localiza no interior da ilha de Maui. A Ilha também possui um dos  maiores conjuntos desses eucaliptos na Hana Highway (Ou  Rodovia de Hana).

Essa famosa estrada com mais de 600 curvas e 53 pontes possui vários grupos dessas árvores por todo seu percurso até a chegada a comunidade de mesmo nome. Entretanto, é recomendado cuidado e informação, pois vários locais onde se encontram essas árvores são propriedades privadas. Além disso, a rodovia possui poucas áreas de parada (por isso a necessidade de cautela caso se queira parar para apreciar as árvores).

Para quem é residente dos Estados Unidos e deseja ter seu próprio exemplar, o Site Oficial oferece árvores a venda, bem como todas as informações sobre a árvores, cultivo e cuidados.

hana-highway

Hana Highway

Fontes:
Examiner
Love These Pics

 Organizado pela UNESCO para estimular a leitura, pubicação e direitos dos autores, o Dia Mundial do Livro foi celebrado pela primeira vez no dia 23 de Abril de 1995. O escritor Miguel de Cervantes havia morrido neste dia e, como uma forma de homenagem, a Espanha declarou a data que mais tarde foi incorporada ao Mundo todo. Como ler é uma forma de viajar (pois te transporta a varios lugares diferentes), nada melhor que conhecer lugares icônicos relacionados à literatura para se visitar em sua próxima viagem!

 

Ernest Hemingway (21 de julho de 1899 – 2 de julho de 1961
 Famoso por: O Velho e o Mar, O Sol Também Se Levanta
 Seu estilo de escrita teve uma forte influência em obras de ficção do Século 20, além de seu estilo de vida e imagem pública terem influenciado suas próximas gerações. Hemingway produziu a maior parte dos seus trabalhos entre 1920 e metade da década de 50. Ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1954.

 


Fundação Ernest Hemingway – Local de Nascimento e Museu (
Oak Park, Illinois, Estados Unidos) 

Casa-Ernest-Hemingway

É possível observar com detalhes todos os cômodos da casa onde o autor nasceu, em 1899. Construída pela sua avó e recentemente restaurada, o jovem Hemingway passou os primeiros 6 anos de sua vida na residência com decoração vitoriana. No museu (bem próximo à residência), vários artefatos e fotos raras estão em exposição (incluindo seu diário de infância e cartas de pessoas que mais tarde seriam sua inspiração para outros personagens literários). Outras atrações mostram também a paixão do autor por natureza e artes, além de seu envolvimento nos cenários das Guerras Mundiais e o mundo dos filmes.

Herman-Melville
Herman Melville (1 de agosto de 1819 – 28 de setembro de 1891)
 Famoso por: Moby Dick
O escritor e poeta Norte Americano tinha obtido muito sucesso no lançamento de suas primeiras obras, mas sua popularidade acabou diminuindo ao longo dos lançamentos de seus livros seguintes, por volta de 1849. Dizem que um dos motivos de seu maior fracasso como literário foi a indiferença do público em relação ao seu trabalho Moby Dick (hoje considerada sua maior obra). Quando morreu, em 1892, Melville estava praticamente esquecido. Foi somente na ocasião do centenário de sua morte que seu trabalho ganhou reconhecimento

 


Túmulo de Herman Melville, Cemitério Woodlawn, Bronx, Nova York
 


Túmulo-Herman-Melville

Oscar-Wilde
Oscar Wilde (16 de outubro de 1854 – 30 de novembro de 1900)
 Famoso por: O Retrato de Dorian Gray
O escritor irlandês desenvolveu diferentes estilos ao longo dos anos de 1880 e acabou se tornando um dos dramaturgos mais populares de Londres uma década depois. Hoje, ele é lembrado por suas peças, obras literárias e sua prisão que acabou levando ao resultado de sua morte precoce

 


Casa de Oscar Wilde – Irlanda
 

casa-Oscar-wilde

O local serviu como residência para autor entre os anos de 1855 a 1878. Seu projeto de restauração envolveu a reforma de antigos móveis, pisos, papéis de parede e vários outros objetos que pertencem a casa. O hall, as escadas e o primeiro andar foram descorados com pinturas históricas, espelhos antigos e móveis que reproduzem com fidelidade o estilo georgiano da época da Irlanda.A antiga sala de consultas do pai do artista, localizada no terceiro andar, está totalmente preservada com vários itens originais. O porão da casa se tornou um café frequentado pelos turistas e estudantes (que podem fazer programas de estudo dentro da residência).

Liev-Tolstoy
Liev Tolstoy (9 de setembro de 1828 – 20 de novembro de 1910)
 Famoso por: Guerra e Paz, Anna Karenina
O Autor de novelas e contos era considerado um mestre de ficção realista, além de um dos maiores romancistas do Mundo. Junto de outros autores russos, como Dostoiévski, Turgueniev, Gorki e Tchecov, contribuiu em grande parte para a literatura do país. Conhecido também por sua personalidade complicada e paradoxal, possuía visões moralistas e extremamente espiritualizada (que ele atribuiu a uma crise moral e esclarecimento espiritual nos anos de 1870)

 

Casa de Liev Tolstoy, Yasnaya Polyana, Russia

Casa-Liev-Tolstoy
O lugar onde o escritor nasceu e escreveu duas de suas maiores obras está localizado a quase 200 km da capital Moscou. Foi ocupado pelos nazistas por 45 dias durante a Segunda Guerra Mundial, mas todo o seu conteúdo original continua no local (Por sorte, 110 pacotes com grande parte do conteúdo do museu conseguiu ser evacuado para Moscou na época da invasão alemã)

 

Friedrich-Nietzsche
Friedrich Nietzsche (15 de outubro de 1844 – 25 de agosto de 1900)
 Famoso por: Nietzsche contra Wagner, Genealogia da Moral, uma Polêmica
O filósofo (e também crítico, poeta e compositor) alemão é internacionalmete reconhecido por vários textos onde se questiona temas como religião, moralidade, cultura contemporânea, filosofia e ciência (sendo que seus trabalhos são usados como base de discussão até os dias de hoje)

 

Casa de Friedrich Nietzsche, Sils-Maria, Suíça

casa-Friedrich-Nietzsche

A casa onde Nietzsche viveu entre os verões de 1881 e 1883 até 1888, oferece uma incrível biblioteca pessoal do filósofo: Ela contém uma das coleções de livros mais completas de vários idiomas que o autor já colecionou

charles-dickens
Charles Dickens (7 de fevereiro de 1812 – 9 de junho de 1870)
 Famoso por: Oliver Twist, Um Conto de Natal
O escritor (e também crítico social) criou alguns dos mais lembrado personagens fictícios da literatura e é lembrado como o mair romancista da Era Vitoriana. Foi elogiado por muitos de seus colegas escritores (Por seu realismo, comédia, estilo de escrita e caracterização) e também criticado por outros (Falta de profundeza psicológica, escrita relaxada e presença constante de sentimentalismo)

 


Casa e Museu de Charles Dickens – Inglaterra

casa-museu-charles-dickens

Sua casa onde viveu de 1837 a 1839 foi fielmente restaurada e expõe vários manuscritos, edições raras de suas obras, itens pessoais, pinturas (e outras obras visuais), além de uma biblioteca de pesquisa (que possui itens exclusivos do museu)

Washington-Irving
Washington Irving (3 de abril de 1783 – 28 de novembro de 1859)
 Famoso por: A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça
Washington Irving, apesar de biógrafo e historiador, ficou reconhecido pelo grande sucesso do seu conto The Legend of Sleepy Hollow (Ou “A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça), que adaptou o conto antigo germâncio para sua época e continou fazendo sucesso até os dias de hoje.

 

Túmulo de Washington Irving – Cemitério de Sleepy Hollow, Nova York
Tumulo-Washington-Irving

Foi enterrado no Cemitério onde escreveu seu conto mais famoso. Sua lápide está localizada próxima à antiga Igreja Holandesa, que em sua história, era o local de descanso do lendário Cavaleiro sem Cabeça. Hoje o local oferece passeios e diversas informações sobre o escritor.

arthur-conan-doyle
Arthur Conan Doyle (22 de maio de 1859 – 7 de julho de 1930)
 Famoso por: Série Literária Sherlcok Holmes
Arthur Conan Doyle foi o responsável por ter criado a série de livros do mais famoso detetive de todos os tempos: Sherlock Holmes. Sua influência de obras (que inovaram o gênero policial) se estende em filmes, séries e textos até os dias de hoje. Entre outros de seus trabalhos estão histórias de fantasia e ficção científica, peças de teatro, romances, poesias e textos não ficcionais e históricos

 

Estação de Baker Street – Londres
estacao-baker-street-Arthur-Conan-Doyle

A estação Baker Street, localizada dentro do imenso sistema de metrô de Londres é uma das primeiras a serem construídas na área subterrânea, em 1863. O nome também é dado à rua onde vive o personagem principal de Conan Doyle, Sherlock Holmes. Como homenagem, vários azulejos por volta da estação são decorados com a icônica silhueta de detetive e seu cachimbo.

Fontes:
Flavor Wire
Ernest Hemingway Foundation of Oak Park
American College Dublin

Hawaii google street view2

O alcance do serviço  do Google aumenta cada vez mais: Em parceria com o  órgão oficial de turismo do Estado, o HVCB (Hawaii Visitors and Convention Bureau), novas áreas foram incluídas para serem visualizadas sem precisar sair de casa. A instituição foi a primeira a participar do programa de “empréstimo” das câmeras Trekker (equipamentos utilizados como mochilas, para lugares inacessíveis para carros e bicicletas).  A iniciativa desse programa é incentivar órgãos relacionadas ao turismo e pesquisas a mapear cada vez mais as regiões mais visitadas em todo o globo.

Agora é possível explorar ainda mais as trilhas, parques, áreas históricas e praias usando a ferramenta de navegação em 360°. Várias atrações da principal ilha do Hawaii, a Big Island, Oahu e algumas outras ilhas já foram registradas. É possível ter uma vislumbre de alguns (já bem famosos) pontos turísticos e outros lugares que também têm muito a oferecer com caminhadas e passeios: Confira alguns exemplos e prepare sua viagem!

Hawaii google street view

Rancho de Kualoa (Kualoa Ranch)


Localizado na Costa de Oahu, o enorme vale possui várias atrações para quem gosta de caminhadas ou passeios a cavalo. Ficou conhecido por ser local de filmagens de muitos filmes (como Jurassic Park) e séries de TV (como Lost)

Praia de Hapuna 


A praia, de areia praticamente branca, faz parte do Hāpuna Beach State Recreation Area, um parque local que conta com estacionamento, banheiros, áreas de piquenique e até mesmo áreas de acampamento. Apesar de Hapuna, na língua havaiana, significar “piscina”, várias partes podem ter o mar muito agitado em condições de maré alta (devido a praia estar próxima ao oceano aberto).

Parque Nacional de Vulcões do Hawaii (Hawaii Volcanoes National Park)

Antes adorados como divindades, agora são objetos de estudos (por pesquisadores) e admiração (por turistas e visitantes). O parque com suas várias trilhas oferece a oportunidade de conhecer suas crateras vulcânicas e vistas que não existem em outro lugar no mundo

Costa da Ilha de Molokai


A estrada que corre junto a margem de Molokai quase dá a sensação de andar no próprio oceano, combinando perfeitamente com o estilo tranquilo e paradisíaco que a ilha oferece

Jardim Botânico Tropical do Hawaii (National Tropical Botanical Garden)


Criado na década de 60 para auxiliar as pesquisas sobre as inúmeas plantas do estado, hoje também oferece até passeios para saber mais sobre a incrível diversidade da flora local

Existem ainda muitos outros locais para serem explorados! Para ver todas as principais atrações que já foram mapeadas nesse projeto, é só acessar o link oficial do Google

O Site XKCD criou uma maneira fácil de identificar os diferentes horários dos países ao redor do Mundo. O trabalho é muito simples e sem muitos detalhes. Entretanto, é fácil poder associar cada região e calcular o horário aproximado do outro lado do Planeta (muito útil também para não ligar em uma hora inconveniente!). Apesar de hoje a tecnologia oferecer um modo fácil de conferir qual é a hora atual em outros países, o infográfico “ensina” de uma maneira bastante clara como não se perder ao buscar alguma outra região.

fuso-horario-mundial-referencia

O primeiro projeto de Fuso Horário foi proposto oficialmente por Sandford Fleming em 1879. Sua primeira ideia era um “relógio” global localizado (conceitualmente) no centro da Terra, não sendo ligado com nenhum Meridiano. Mais tarde, os projetos foram evoluindo e os órgãos internacionais determinaram um “Tempo Universal Coordenado”: Um horário de referência a partir do Meridiano de Greenwich (Inglaterra) que serviria de base para a definição de todas as outras zonas de horários do Mundo.

Para quem pratica surf, ou outros tipos de esportes, um fator sempre foi fundamental para conseguir curtir a água: a luz do Sol. Entretanto, a tecnologia está sempre avançando e possibilitando novas soluções para deixar as atividades mais fáceis e seguras. Um bom exemplo disso são os objetos iluminados com LED, que permitem (além de um belo visual estilo Tron) aproveitar qualquer hora do dia (ou da noite). Veja alguns exemplos de uso:

Pranchas de Surf
prancha surfe led
prancha-surfe-led2

Uma das primeiras (e com mais repercussão das) notícias foi a fabricação das pranchas de surfe da marca Pukas Surf. Anunciadas no final do ano de 2011, as pranchas possuíam as laterais, apêndices e outras partes iluminadas por esse pequeno (porém potente) tipo de lâmpada. Isso possibilitava uma boa visão noturna, tanto de quem está olhando de longe como quem está em cima do equipamento (é possível ter uma boa percepção ao redor, mesmo com o ambiente escuro).

prancha surfe led4

Apesar da fabricante ter anunciado que haveriam pouquíssimas unidades da prancha disponíveis (por ser um modelo protótipo), a repercussão em noticiários, internet e toda a comunidade de surfistas foi muito grande. Por conta disso, mais modelos estão sendo fabricados, e aos poucos, sendo disponíveis ao público em geral. Novos aperfeiçoamentos foram feitos desde então: As pranchas estão mais leves, é possível recarregá-las como um celular, e até mesmo um sistema de emergência (que usa a iluminação para chamar a atenção a noite).

A fabricante e os especialistas alertam, entretanto, que o uso de iluminação a noite costuma atrair animais marinhos. Portanto, deve-se ter precaução ao usar em áreas perigosas, ou com alto índice de ataques de tubarões. Apesar disso, a prancha já foi usada em mais de cinco países, em três continentes diferentes (inclusive Espanha, Portugal, França, Marrocos e Brasil), todos com 100% de sucesso.

Stand Up Paddle e Caiaques
led-Stand-up-paddle
caiaque-led

A fabricante Nocqua anunciou no final de 2013 o sistema de iluminação Nocqua 2000 LED. A prática do Stand up paddle se tornou um dos esportes com maior crescimento de participantes no Mundo (em grande parte porquê é mais acessível que o surf: Não depende das ondas e é possível estar em qualquer tipo de locação). O sistema consiste em fixar 72 lâmpadas LED embaixo das pranchas. Diferente de outros sistemas baseados nessa iluminação (em que a luz costuma sempre apontar um feixe de luz sempre à frente), a luz dá uma iluminação de 360° em volta da prancha, permitindo ao usuário ver em todas as direções.

O sistema, desenvolvido por Billy Rossini no começo de 2013, consiste em duas “alças”, cada uma com uma barra de LED, que juntas podem durar até 2 horas com a ajuda de uma bateria de lítio a prova d’água. Como esse sistema foi desenvolvido para ser facilmente anexado e removível, é possível utilizá-lo em outros equipamentos, como caiaques e canoas.

Bicicletas
bicicleta-rodas-led4

Não é somente na água que muitas pessoas gostariam de aproveitar a noite. Em grandes metrópoles, ou lugares com extremo movimento de bicicletas (como Amsterdam), o uso da iluminação noturna é um grande aliado para a segurança dos ciclistas. Uma empresa da Carolina do Norte, a Revoligths, iniciou em 2011 um projeto de investimento coletivo que consistia em incorporar as luzes LED diretamente nas rodas das bicicletas. Após o grande sucesso (e ajustes no complexo método de fabricação), foi desenvolvido o Revolights City v2.0, que combina estilo com segurança. As luzes, assim como os carros, parecem com breques e faróis. A iluminação aumenta conforme a pessoa pedala, deixando mais fácil a visualização do caminho e permitindo que motoristas percebam a bicicleta chegando. As rodas vêm com baterias que podem ser removidas e carregadas via USB, que duram por muitas horas.
bicicleta rodas led2 bicicleta rodas led

Para quem deseja iluminar a estrutura da bicicleta, a empresa de Los Angeles Pure Fix Cycles desenvolveu o que chamam de “a primeira bicicleta que brilha no escuro”. Apesar de outras empresas já terem desenvolvido essa pintura, os projetos não tiveram muito sucesso por conta do alto custo do produto final. A empresa defende que sua série de bicicletas luminosas, chamada de “GLOW Series”, possui um preço muito mais acessível, além de oferecer opções simples para quem precisa simplismente pedalar em um espaço urbano.

bicicleta brilha escuro

Partes da sua estrutura são cobertas com tinta brilhante especial, que são visíveis após escurecer. Segundo a Pure Fix, uma hora de luz do dia consegue deixar a pintura brilhar por um pouco mais de uma hora à noite. Para quem utiliza a bicicleta ao entardecer, pode ser uma desvantagem. Mas para os usuários que estão pedalando por mais tempo, o brilho vai (consequentemente) durar mais que o normal. Além disso, as luzes urbanas, como lâmpadas de postes, e faróis de carros, também ajudam a aumentar a visibilidade da pintura brilhante. Os modelos variam de tamanho, de 47 cm a 61 cm, com várias opções de customização disponíveis.

Fontes:

Pukas Surf
Eco Citizen Australia
Mashable
NBC News

Você sempre gostou de resolver enigmas e labirintos em revistas? Algumas pessoas levavam isso mais a sério: Em várias regiões do mundo, os labirintos eram usados como armadilhas para maus espíritos e locais para danças e rituais religiosos. Na Idade Média, o significado espiritual se tornou ainda mais forte: Era como uma travessia para se chegar a Deus, e seu caminho era considerado uma peregrinação. Antes usados como itens de religião e meditação, hoje são considerados como  um entretenimento. Entretanto, isso não tirou a grandeza de inúmeras obras que existem pelo Mundo:

Plantação de Abacaxis da Dole (Dole Plantation) – Hawaii, Estados Unidos
labirinto-dole-plantation-hawaii-abacaxi
Considerado o labirinto mais comprido do Mundo pelo Guinness em 2001, ele se localiza em Waimea Bay, na Ilha de Oahu no Hawaii. Quem “criou” essa estrutura foi a Dole Corporation, empresa alimentícia que desenvolveu na região uma extensa plantação de abacaxis. É possível observar boa parte da flora presente nas ilhas enquanto se busca as estações que ajudam a completar o desafio do labirinto. Os “competidores” que terminarem o percurso mais rápido ganham um prêmio e entram na História do Labirinto, tendo seus nomes gravados numa placa logo na entrada da atração.Além disso, também é possível obter um tour de 20 minutos que mostra o legado do cultivo de abacaxis e a agricultura no Hawaii. o Plantation Garden Tour oferece aos visitantes uma oportunidade de conhecer o passado e o presente da agricultura do Estado.

 

Labirinto de Reignac-sur-Indre – Touraine, França
labirinto-Reignac-sur-Indre-franca
Localizado em Touraine, província da França, já foi considerado o maior labirinto feito de plantas do Mundo. Por conta das estações do ano, muitas vezes aparece com um novo visual na primavera após a intensa neve do inverno, graças a uma jardinagem cuidadosa e planejada. Em 1996, em seu ano de estreia, mais de 85 mil pessoas aceitaram o desafio de encontrar o caminho no labirinto de 40 mil m².
Fazenda Cherry Crest Adventure, Pensilvânia, Estados Unidos 
labirinto-Cherry-Crest-milho-pensilvania
Essa plantação de milho em Lancaster County, na Pensilvânia é tão desafiadora que dois instrutores “mestres” trabalham em tempo integral para guiar turistas perdidos que tentam atravessar o labirinto de mais de 4 km de caminhos (cheio de pátios, pontes e curvas inesperadas.


Fazenda Davis Farmland, Massachusetts, Estados Unidos
labirinto-milho-davis-mega-maze-Massachusetts
O labirinto Davis Mega Maze é considerado único. Isso porque sua estrutura muda completamente a cada ano (por isso os visitantes nunca sabem o que vão encontrar em seu passeio).

 

Jardim do Palácio de Longleat, Inglaterra 
labirinto-palacio-longleat-inglaterra
Faz parte de um jardim do palácio rural próximo a cidade de  Warminster, na Inglaterra. Suas mais de 16 mil  árvores formam um percurso de cerca viva que cobre mais de 3 km de caminhos. As pontes de madeira construídas dentro do terreno revelam  outra característica incomum: É um labirinto com três dimensões.
Ashcombe – Austrália
labirinto-Ashcombe-australia 
A cidade de Ashcombe fica próxima de Melbourne, e abriga o que é hoje considerado o mais antigo labirinto da Austrália. Como recorde mundial, também é o mais velho labirinto de flores, com 217 variedades de rosas em 1.200 arbustos.

 

Lands End, São Francisco – Estados Unidos
labirinto-Lands-End-sao-francisco
Na cidade de São Francisco, em sua área da baía, está o labirinto de Lands End. Sua vista permite observar a Golden Gate, toda a baía, a Angel Island e boa parte do horizonte da cidade. É conhecido por vários espiritualistas por ser um lugar de grande beleza e tranquilidade.

 

Labirinto de água em Victoria Park – Bristol, Inglaterra
labiritno-Victoria-Park-agua-bristol-inglaterra
Esse labirinto de água fica ainda mais distinto quando é cheio pela água da chuva. É distinto por ser baseado no labirinto da Catedral de Chartres, da França, tendo uma simbologia muito importante na concepção cristã. Com uma simbologia que remete à figura da cruz, os fiéis acreditam que devem andar num padrão particular pelo caminho.
Villa Pisani – Stra, Itália 
labirinto-vila-pisani-italia
Criado no começo do século 18, é considerado como um dos mais difíceis do mundo. Está localizado na cidade de Stra, na Itália, e possui várias camadas de vias em doze círculos concêntricos, com arbustos bem altos, que levam até uma torre ao centro. Se tornou muito famosa por ser visitada por figuras históricas, como Napoleão Bonaparte, Adolf Hitler e Benito Mussolini.

Fontes:
Environmental Graffiti
Web Ecoits

%d blogueiros gostam disto: