companhias aereas sustentaveis wordpress

Você gosta de viajar pensando no meio ambiente? Várias companhias aéreas têm evoluído quando o assunto é a colaboração por um mundo mais verde. Com o crescimento cada vez mais rápido de número de voos, produção de aviões e uso de combustíveis, as empresas mais inovadoras recebem (com merecimento) prêmios pela inovação e preocupação com o nosso planeta. Um desses prêmios é o Eco Aviation Awards (algo como Prêmio da Eco Aviação), realizado pela Air Transport World, revista especializada no segmento da aviação mundial.

A premiação, realizada anualmente, reconhece as empresas consideradas mais “verdes”, ou seja, que possuem liderança e demonstram consistência em suas ações para colabora com a redução do impacto ambiental causado de alguma maneira pelos seus serviços, ou pela indústria.

1° lugar – United Airlines
 
Nacionalidade: Estados Unidos
Tamanho da frota: 705
Reconhecimentos: Economia e uso de biocombustível, redução de emissão de CO2, reciclagem de materiais

Nesse ano, a empresa norte americana United Airlines ganhou o 1° lugar: A Gold Eco-Airline of the Year (ou a Eco-Linha Aérea de ouro desse ano), por “sua aproximação realista e prática da ação ambiental”, de acordo com os editores do evento. No ano passado, a companhia economizou 83 milhões de galões (mais de 314 milhões de litros) de combustível graças à troca de sua frota antiga por aeronaves mais eficientes. Assim, conseguiu reduzir sua emissão de carbono em 811 mil toneladas. Além disso, a empresa está empenhada em atingir, ainda neste ano, sua meta de reduzir o uso de combustível em 85 milhões de galões (mais de 321 milhões de litros) e a redução de emissão de carbono para 828 mil toneladas.

Ainda nessa questão, a empresa têm liderado as negociações sobre as iniciativas de uso de biocombustível sustentável: A United realizou o primeiro voo comercial movido por biocombustível nos Estados Unidos, em 2011. Além disso, desde 2008, ela têm reciclado mais de 10 milhões de quilos de latas alumínio, papés e itens de plástico dos voos e de suas instalações.

2° lugar – Airberlin
 
Nacionalidade: Alemanha
Tamanho da frota: 129
Reconhecimentos: Economia significativa de combustível por passageiro na Europa

Quem ganhou o 2° lugar, ou o prêmio de prata, foi a companhia alemã Airberlin. Ela foi  a primeira operadora aérea européia a reduzir o consumo de combustível para 3,4 litros em 100 RPK (Revenue passenger Kilometer, ou Passageiro-quilômetro: unidade de medida correspondente ao transporte de um passageiro na distância de um quilômetro). Com isso, foi possível reduzir a emissão de carbono em mais de 100 mil toneladas.

3° lugar – Qantas
 
Nacionalidade: Austrália
Tamanho da frota: 147
Reconhecimentos: Longa história em exploração de combustíveis sustentáveis

Na terceira posição, a companhia australiana Qantas ganhou o prêmio Eco-Pioneer of the Year (ou o Eco-pioneiro do ano), por ser uma líder da indústria na questão da exploração de combustíveis sustentáveis bem antes da questão ambiental ser tão conhecida e valorizada.

Reconhecimento – Air Canada e Airbus
 
Nacionalidade: Canadá/França
Tamanho da frota: 89
Reconhecimentos: Estratégias integradas para redução de CO2

A parceria entre a Air Canada e Airbus também foi lembrada por uma iniciativa realizada ano passado: várias estratégias, como melhores práticas das empresas, otimização das operações, melhor gerenciamento de tráfego aéreo e uso de combustíveis alternativos ajudou cortar emissões de CO2 em mais de 40% no voo entre Toronto e México. Desde 1990, a Air Canada tem melhorado a eficiência do seu combustível em 33% e está determinada em aumentar esse número com novas tecnologias e parceiros comerciais.

Infelizmente, nenhuma empresa brasileira foi lembrada. Quem sabe, com a expansão do mercado aéreo brasileiro, esse cenário sofra mudanças.

Fontes:

Daily Freeman
Irish Travel Trade News
Examiner