Archive for setembro, 2013


Souvenirs x pontos turísticos

À primeira vista, parece ser um monumento/paisagem que sempre vemos. Mas olhando com atenção, você verá que é apenas um objeto de decoração, também chamado de Souvenir.

Continue lendo

Anúncios

Luau hawaii por do sol

O Luau é um evento sempre relacionado ao Hawaii. Hoje considerado um acontecimento puramente turístico (não deixe de viajar sem presenciar essa festa!), já sofreu muitas reformulações desde suas antigas origens, da época dos viajantes Polinésios. Confira 6 fatos que tornam esse evento ainda mais curioso:

1 –  “Luau”não significa “Festa”

Luau hawaii comida

Hoje, quando usamos a palavra “Luau”, remetemos às imagens de comida abundante, shows com fogo e a dança Hula. Entretanto, a palavra originalmente se referia a um prato servido numa festa em Kauai: uma combinação de folhas de Taro (também chamada de Inhame dos Açores) e frango cozido em leite de coco. Então, quando presenciar um Luau Havaiano, lembre-se de não estar apenas presente em um, como também estará comendo um Luau.

2 – O primeiro Luau da História era muito mais que somente um banquete

Luau hawaii forno imu

Um forno de chão, também conhecido como “imu”, é um dos métodos mais antigos de preparo de comida utilizados pelo homem. Usa-se simplismente um “fosso” na terra para armazenar calor, e assim cozinhar o alimento

O Luau como conhecemos hoje se originou em 1819 com um banquete realizado pelo Rei Kamehameha II. Esse jantar marcou uma importante mudança na cultura tradicional dos antigos Havaianos. Antes de Kamehameha II, os Luaus seguiam um restrito código de conduta: Homens e mulheres não podiam comer juntos, mulheres não podiam consumir pratos específicos e cidadãos comuns não comiam junto à realeza . O evento realizado pelo Rei não apenas estabeleceu as tradições culinárias que vemos hoje, como acabou com esses tabus para sempre.

3 – A Dança com fogo e lâminas não é tipicamente havaiana

Luau hawaii dança fogo

Um dos momentos mais impressionantes do Luau é a dança coreografada com lâminas e fogo. É realmente de tirar o fôlego. Surpreendentemente, ela não se originou nas Ilhas do Hawaii: em 1946, o “pai” dessa modalidade, Letuli Misilagi (experiente dançarino nascido na Samoa Americana), viajou para São Francisco para realizar sua performance tradicional de Samoan ailao (como também é chamada essa modalidade de dança), numa exposição no Golden Gate Park.

Ele ficou intrigado com um engolidor de fogo Hindu e uma menina girando um bastão com lâmpadas nas suas extremidades. Todos eles estavam ensaiando para suas apresentações na Convenção. Letuli então pediu ao Hindu um pouco do seu gás inflamável e enrolou uma toalha em volta da lâmina de sua faca. Assim essa dança se tornou famosa e foi incorporada em eventos Havaianos.

4 – Os colares de flores não se originaram no Hawaii

Luau hawaii recepcao colar flores

Chamadas de “Lei“s, o uso desse acessório vêm dos viajantes polinésios, que tinham a tradição de dar flores frescas e ornamentadas como presentes. O presente podia significar várias coisas, como: boas vindas, boa sorte na partida, ou até mesmo a celebração de um dos marcos da vida. Quando se recebe um colar num Luau, é preciso lembrar de mostrar respeito, usando-o por todo o tempo que estiver na presença do doador. Esse presente “sagrado” chama os convidados para participar da tradição ao invés de apenas observá-la.

5 – Dançarinos de Hula também vão à escola

Luau hawaii dança hula

Outra imagem que nos vêm à cabeça quando falamos de Luaus é a famosa dança Havaiana, ou Hula. Na era antiga do Hawaii, os dançarinos treinavam em escolas conhecidas como Halau. Nesses locais, rigorosos códigos de conduta e disciplina severa eram aplicados. Num Luau, pode-se presenciar tanto o Hula Kahiko (ou estilo antigo), realizado com roupas tradicionais e acompanhado por cantorias e percussão,ou o Hula Auana (ou estilo moderno), com músicas, ukuleles (instrumento semelhante ao violão) e trajes mais criativos. Apesar dos Halaus de hoje serem diferentes, ainda são um importante modo de manter viva a cultura Havaiana.

6 – As tatuagens dos dançarinos não são somente para beleza

tatuagem facial hawaii

As tatuagens facias dos homens que praticam a Hula em muitos luaus são chamadas de Moko. Elas simbolizam a genealogia e identidade pessoal de cada praticante.

Fonte:
Hawaii Luaus

companhias aereas sustentaveis wordpress

Você gosta de viajar pensando no meio ambiente? Várias companhias aéreas têm evoluído quando o assunto é a colaboração por um mundo mais verde. Com o crescimento cada vez mais rápido de número de voos, produção de aviões e uso de combustíveis, as empresas mais inovadoras recebem (com merecimento) prêmios pela inovação e preocupação com o nosso planeta. Um desses prêmios é o Eco Aviation Awards (algo como Prêmio da Eco Aviação), realizado pela Air Transport World, revista especializada no segmento da aviação mundial.

Continue lendo

A Origem da Oktoberfest

Oktoberfest logo

Todos já ouviram falar da Oktoberfest, o tradicional festival alemão característico pela abundância de cerveja e muitos dias de festa. Entretanto, poucos imaginam sua origem histórica (e mais ainda, a questão dos costumes da época).

Sua descrição oficial conta que o festival começou como uma corrida de cavalos para homenagear o casamento de príncipe Ludwig (ou Luís I da Baviera)  e a princesa Teresa de Saxe-Hildburghausen, em 1810. Por causa da data do casamento (ainda é discutido se ocorreu em 12 ou 17 de outubro), o evento ocorre atualmente sempre em meados de setembro e no começo de outubro (daí o nome Oktober = Outubro, Fest = Festival). Em 1819, a tradição da corrida acabou, dando lugar ao consumo de cerveja e uma atmosfera mais carnavalesca. Os líderes de Munique decidiram que a Oktoberfest seria realizada cada ano, sem exceções. Apesar de originalmente ser uma celebração de um dia, acabou sendo estendida para 16 dias de folia e muita bebida.

Oktoberfest 1845

Gravura sobre madeira, por Goetz, 1845

Entretanto, sua história vai mais além. Já é sabido que o método de preparação da cerveja foi evoluindo ao longo do tempo. Uma das inovações do tipo de preparo ocorreu no final do século 18 (estudos apontam que foi na região central da Baviera – localizada ao sul da Alemanha). Essa inovação mudou a característica da cerveja: Antes, a levedura (ou espuma) subia durante o processo de fermentação (chamado de levedura de alta fermentação), gerando a Ale. Com o novo processo, deixando a levedura abaixo, a cerveja possuía um aspecto mais saboroso (chamado de levedura de baixa fermentação), gerando a Lager. Contudo, para esse novo tipo de cerveja ser feita, era necessário um preparo em um ambiente fresco e preferencialmente gelado.

O preparo antigo era então mantido durante as estações quentes, e quando chegava o outono e a temperatura começava a cair, o preparo da nova cerveja começava. Assim, uma grande festa com muita bebida é realizada, para celebrar o fato de terem boa cerveja mais um ano. O festival acabou sendo aproveitado junto ao casamento do príncipe, e assim como vários festivais e celebrações ao redor do mundo, acabou virando uma tradição marcada por uma data importante.

Oktoberfest celebração

Desde então, a Oktoberfest foi interrompida apenas por causa das guerras, epidemia de cólera e crises financeiras. O aspecto do evento foi gradualmente mudando para o que conhecemos hoje: o uso de vestimentas e músicas tradicionais, bebidas servidas em galões de um litro e a batida tradicional do primeiro barril. O festival se tornou a maior feira de eventos do mundo, com mais de 6 milhões de pessoas presentes a cada ano.

No Brasil, o festival começou em 1976, na cidade de Itapiranga, Santa Catarina, realizado pelos alemães que migraram para o Brasil e seus descendentes. Logo mais a tradição se espalhou para outras cidades do sul do país, como Blumenau, Santa Cruz do Sul, Igrejinha, Marechal Cândido Rondon, Ponta Grossa e São Jorge d’Oeste.

Oktoberfest Blumenau santa catarina

Evento em Blumenau, Santa Catarina, em 2011

Esse ano, as datas de comemoração na Alemanha vão do dia 21 de Setembro a 6 de Outubro. No Brasil, a celebração está marcada para o dia 3 de Outubro até o dia 20 do mesmo mês.

Fontes:

Forbes
Destination360

 

Vista Corcovado cristo redentor rio de janeiro

Cada vez mais é possível visitar lugares famosos sem sair de casa: o serviço de visualização interativa de ruas e locais do Google, o Street View, recentemente adicionou dois novos pontos turísticos ao seu portfólio: o Cristo Redentor, localizado na cidade do Rio de Janeiro e a Ilha Grande, localizada próxima ao município de Angra dos Reis.

O Street View normalmente usa carros com câmeras especiais para fotografar e “montar” as imagens em 360°. No caso do Cristo Redentor, foi utilizada o Trekker, uma mochila adaptada com o mesmo tipo de câmera (com a vantagem de poder acessar locais onde os carros não conseguem). Agora, qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo pode visitar o topo do Corcovado e ter uma ideia da vista panorâmica da capital carioca (claro que ainda não se compara a experiência real da visita).

Confira o resultado aqui

História

O projeto de construção de um monumento Cristão no morro do Corcovado data do ano 1859, onde o padre Pedro Maria Boss solicitou ajuda financeira à Princesa Isabel para a realização do projeto. A princesa não tinha muito interesse, e o plano foi descartado totalmente em 1889, com a Proclamação da República e a separação da Igreja e do Estado.

Em 1921, o Círculo Católico do Rio de Janeiro (associação de religiosos e autoridades do governo) começou a colher assinaturas e doações para a construção de um monumento via financiamento privado. Vários modelos foram considerados, incluindo uma grande cruz e uma estátua do Cristo segurando um globo. Entretanto, a imagem com os braços abertos acabou sendo escolhida.

construção cristo redentor antes depois

Detalhe do início da construção e a obra finalizada: O monumento foi montado de cima para baixo, sendo a cabeça a primeira peça a ser colocada

A construção começou em 1922. A estátua foi projetada pelo engenheiro Heitor da Silva Costa e esculpida em concreto e pedra-sabão pelo francês Paul Landowski. Após nove anos, foi finalmente aberta ao público em 12 de Outubro de 1931. Considerado uma das 7 maravilhas do Mundo, o monumento possui 38 metros de altura e está a 709 metros acima do mar

Fontes:

Google Discovery

Sacred Destinations

O filme Jurassic Park, de 1993, precisava de uma ambientação à altura para a temática do filme. Sua história de visual tropical e aspecto de safári, mostra um mundo onde foi possível “recriar” dinossauros e manter seu habitat numa ilha isolada. Para transmitir a sensação real de mundo selvagem e paisagens deslumbrantes, o Havaí foi escolhido como uma das principais localizações das filmagens. A obra acabou se tornando um clássico, tanto por seus efeitos inovadores quanto a qualidade técnica. O longa acabou rendendo mais duas continuações (o quarto filme está planejado para sair em 2015). O cenário também se tornou inesquecível, virando uma de suas características mais marcantes.

Jurassic Park dinossauros hawaii

Filmagens

Após 25 meses de pré produção, as filmagens começaram no dia 24 de Agosto de 1992, na ilha de Kauai (Apesar de ter sido filmado em outras ilhas, essa foi onde a maior parte das filmagens foi realizada no Hawaii). As três semanas de filmagens envolviam várias tomadas externas, possibilitando vistas deslumbrantes da região. No dia 11 de Setembro, o furacão Inki passou diretamente sobre Kauai (o que acabou custando um dia inteiro sem gravações). Várias cenas de tempestades do filme são filmagens reais das fortes chuvas que sucederam a passagem do furacão.

Chegada à ilha
Uma das cenas mais icônicas do filme mostra os personagens chegando de helicóptero até a ilha dos dinossauros. Toda a sequência se passa no Vale Hanapepe, em Kauai. A cena do pouso da aeronave é em frente às quedas de Manawaiopuna.
 
 
O Portão do Parque
Filmado no parque que se encontra no Monte Waialeale, o local é chamado de Blue Hole. Apesar do portão característico não está mais presente, existem diversas opções de caminhadas e passeios para conhecer esse local e muito mais da região.
 
 
Debandada de dinossauros
A planície da cena se localiza no Rancho Kualoa, em Oahu. A região foi aberta ao público desde os anos 80, e oferece atividades como passeios a cavalo e caminhadas
 
 
A Fuga do T-Rex
A cerca elétrica que mantinha os dinossauros afastados foi filmada no Vale Olokele, em Kauai. A região também é conhecida pelos seus Cânyons, que podem ser vistos ao fundo da rede de proteção
 
 

Jurassic_Park_poster

Jurassic Park
Ficção científica
EUA, 1993
Distribuidora:
 Universal Pictures
Direção:
Steven Spielberg  Roteiro: David Koepp, Michael Crichton, Malia Scotch Marmo
Elenco: 
Sam Neill, Laura Dern, Jeff Goldblum

Fontes

Msn

My Dream Came True

Aeroporto Don Mueang 

 (Tailândia)

don Mueang aeroporto tailandia

Tipo: Internacional  | Número de pistas: 2 | Deslocamento de aeronaves: 34,261 | Deslocamento de passageiros: 5,983,141 [Dados de 2012]

Olhando de longe, o aeroporto parece normal como qualquer um. Entretanto, no meio das duas pistas se encontra nada menos do que um campo de golfe ativo.

Na área destacada, o campo de golfe que ocupa toda a extensão das 2 pistas

Na área destacada da imagem de satélite, o campo de golfe que ocupa toda a extensão das 2 pistas

Os primeiros voos para Don Muang foram realizados em 8 de Março de 1914, envolvendo o transporte de aeronaves da Força Aérea Real Tailandesa. Três anos antes, o governo da Tailândia enviou três oficiais do exército para a França, para serem treinados e se tornarem pilotos. Quando completaram seu treinamento, foram autorizados a comprar quatro modelos Breguets e quatro Nieuports, que formaram a base da Força Aérea.

Os voos comerciais começaram em 1924, com a primeira chegada de um modelo da companhia KLM. Como originalmente o aeroporto era de operações militares e já possía a pista de golfe no local,  o campo foi mantido após a abertura de voos comerciais.

Modelos Air America Turbo Porters no aeroporto em 1966.

Modelos Air America Turbo Porters no aeroporto em 1966.

O campo de golfe, chamado de Kantarat (a antiga Força Aérea Real Tailandesa), começa a aproximadamente 800 metros ao sul do terminal doméstico. O aspecto do local pode não ser do padrão de um campo para campeonatos internacionais (o terreno é totalmente plano e reto). Entretanto, é impossível não deixar de lado a dificuldade de jogar tendo que lidar com os ruídos de aviões de grande porte e o efeito causado nas bolas de golfe por conta dos pousos e decolagens.

don Mueang aeroporto tailandia aviao

don Mueang aeroporto tailandia aviao3

Por incrível que pareça, o campo não possui nehum tipo de separação entre as pistas.  A única restrição é um aviso luminoso indicando quando não é possível se locomover (por conta do trânsito de aeronaves). Atualmente, o acesso se tornou mais restrito devido a medidas de segurança e pelo aumento de tráfego de aviões (o que impressiona pelo fato de não ser restrito há tempos atrás)

À direita, sinalização para prosseguir

À direita, sinalização para prosseguir

Fonte:

Popular Mechanics 

Tee Times

Airport Data

%d blogueiros gostam disto: